ALAMI

Menu

Links

Ricardo Abalém

Cadeira 64 — LITERATURA
Cadeira 64 — LITERATURA
Patrono: Dona Ritinha Barbosa
 

        Ricardo Abalém nasceu em 1947, em Piracanjuba, GO. Casado com Rosângela Maria da Silva Abalém, tem duas filhas: Leidiane Abalém Silva, Advogada, e Lirislainy Abalém Silva, Psicóloga, e um filho, Ricardo Abalém Júnior, Jornalista. Ricardo Abalém é jornalista e radialista. Foi vereador por Ituiutaba, de 1982 a 1992. Em 1982, foi eleito o vereador mais votado, proporcionalmente, no interior do Brasil. Como o sistema era de voto vinculado, obteve com o seu partido, PMDB, 4314 votos e mais 814 votos com legendas adversárias, não computados oficialmente, perfazendo 5.128 votos, em um colégio eleitoral de 29.000 votos aproveitáveis. Nesta mesma data, no interior de Minas Gerais, no Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, Ricardo Abalém foi o vereador que estabeleceu recorde ainda não superado de se eleger sem necessitar da legenda de seu partido. E ainda, foi o vereador mais votado na história de Ituiutaba — no primeiro centenário — e do Pontal Mineiro, desde a instituição do voto direto e popular. Atividade profissional: Rádio, Jornal, Televisão e Teatro, desde 1959. Foi Assessor de Imprensa da Prefeitura Municipal de Ituiutaba de 1972 a 1976 (governo Fued José Dib), de 1976 a 1982 (governo Acácio Alves Cintra Sobrinho) e de 1992 a 1996 (governo João Batista Arantes da Silva). Foi Chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal de Ituiutaba de 2000 a 2004 (governo Públio Chaves). Foi colunista do “Diário Regional”. É Acadêmico da ALAMI — Academia de Letras, Artes e Música de Ituiutaba —, onde ocupa a cadeira 64. Um texto seu, “Luizes do meu brasil”, foi publicado na “Antologia de Contos” (ALAMI, Egil, 2005). Participou da “IV Antologia de Poetas de Ituiutaba” (ALAMI, Egil, 2006) e da “V Antologia de Poetas de Ituiutaba” (ALAMI, Egil, 2008). Em 2007 recebeu o Título de Cidadão Honorário de Ituiutaba, outorgado pela Câmara Municipal de Ituiutaba.

* * * * *

Poema:

O tempo