ALAMI

Menu

Links

Edson Angelo Muniz

Comendador da ALAMI


Cadeira 26 — LITERATURA
Patrono: Acácio Alves Cintra Sobrinho


 

Edson Muniz nasceu em 1956, em Ituiutaba, MG, filho de João Angelo de Oliveira, o Neinho, e Dorcina Muniz de Oliveira.

Graduou-se em Tecnologia em Processamento de Dados pelo ISEPI — Instituto Superior de Ensino e Pesquisa de Ituiutaba. É genealogista, historiador, poeta, compositor e  designer  gráfico.

Autor dos livros: Família Muniz — Tronco do Triângulo Mineiro (Egil, 2002), de  genealogia  e  história,  O robô de bom coração (Egil, 2011), ficção, e  Família Angelo — Tronco do Triângulo Mineiro (Mago, 2015), de  genealogia  e  história.

Em 2004, tornou-se acadêmico da ALAMI — Academia de Letras, Artes e Música de Ituiutaba — sendo o patrono de sua cadeira o jornalista e ex-prefeito de Ituiutaba, Acácio Alves Cintra Sobrinho.

Participou da "Antologia de Contos" (Egil, 2005), da "IV Antologia de Poetas de Ituiutaba" (Egil, 2006) e da "V Antologia de Poetas de Ituiutaba" (Egil, 2008), todas editadas pela ALAMI.

Como historiador, em outubro de 2006, elaborou um documento — que entregou, em mãos, ao prefeito de Ituiutaba, e, posteriormente, em janeiro de 2008, entregou--o também ao presidente da Câmara Municipal —, apontando erros no brasão, na bandeira e no hino do município, importantes símbolos culturais da cidade, além de incluir sugestões para as suas correções. No entanto, nenhum dos prefeitos e vereadores de Ituiutaba deu importância a este trabalho do Edson, e assim, os referidos símbolos continuam errados. Quanto ao Hino de Ituiutaba, os problemas são apenas de algumas palavras digitadas erradas em sites da prefeitura e da câmara municipal, e gravações com a pronúncia incorreta. Cópias da letra corrigida foram entregues às escolas de Ituiutaba, um trabalho voluntário de Edson Angelo Muniz, com o apoio de alguns empresários.

Ainda na área da Heráldica, Edson colaborou na criação do Brasão da Diocese de Ituiutaba,  do Brasão da Família Paranaiba, Brasão da Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Capinópolis, Brasão Paróquia São Francisco de Assis de Ituiutaba, Brasão Sacerdotal do Pe. Leandro Costa, Brasão Sacerdotal do Pe. Uiliam Gonçalves, e do Brasão Sacerdotal do Pe. Eurípedes Júnior.

Edson Angelo Muniz exerceu as funções de gerente administrativo e responsável gráfico da Egil por vários anos, onde atuava também como conselheiro editorial, editor, revisor e arte-finalista. Hoje está aposentado e reside em um sítio, próximo de uma serra, no município de São Pedro, Estado de São Paulo.

Edson é de família católica. Fez a primeira comunhão na Igreja Nossa Senhora da Abadia, em Ituiutaba, hoje Santuário Nossa Senhora da Abadia, e se casou na Igreja Matriz de São José, hoje Catedral da Diocese de Ituiutaba.

Edson está terminando de escrever mais um livro de ficção científica, sequência do primeiro, que  se  chamará "O robô volta pra casa"...

Em 25 de novembro de 2010, Edson Angelo Muniz recebeu a Comenda da Ordem do Mérito "16 de Setembro", instituída pela ALAMI, e passou a ser Comendador da ALAMI.

 

Clique aqui para ler o discurso do

Comendador Edson Angelo Muniz
 

 

Veja outra foto desta Solenidade

 

 

Em 16 de dezembro de 2010 a ALAMI premiou entidades e personalidades que lutam pela cultura em geral. Edson Muniz foi um dos que receberam, em Ituiutaba, o Prêmio Mérito Cultural: "Incentivo à cultura".

 

 

Veja fotos da Solenidade de entrega do Prêmio...

 

* * * * *       

Alguns trabalhos de Edson Angelo Muniz:

 

 

 

Artigos:

 

Antologia de contos da ALAMI

 

Rotina

 

Somos escravos do tempo

 

 

 

Crônicas:

 

A saga de Neinho

 

Caso de família

 

Destino fatal (Homenagem póstuma a Leandro)

 

Dia do escritor

 

Escola Estadual Governador Israel Pinheiro:

celeiro de sabedoria

 

Homenagem aos 100 anos de José João Pereira

 

Portonum Finodum

 

Tempo para a paz

 

Tioripe

 

Uma amizade que nasceu da literatura

 

Zé Souza — 100 anos de história

 

 

 

 

Contos:

 

Língua de trapo

 

Mingau de milho verde

 

Resto de comida

 

 

 

Poemas:

 

Andarilho

 

Carreiro centenário

 

Entrelinhas

 

Fazenda Saltador

 

Homem de fibra

 

Jovem meio-centenário (autobiografia)

 

Mãezinha querida

 

Minha infância

 

Mulher

 

O homem e a natureza

 

Paixão

 

Povo do Barreiro

 

Sertão

 

Só vou por onde me levam meus próprios passos

 

Tia Nenê

 

Tia Purcina

 

Vida abençoada

 

 

 

Hinos:

 

A Gurinhatã    

 

Manchester Esporte Clube

 

 

 

 

Livros:

 

Família Muniz — Tronco do Triângulo Mineiro    

(genealogia e história)

 

O robô de bom coração

(ficção)

 

Família Angelo — Tronco do Triângulo Mineiro    

(genealogia e história)

 

 

 

 

Apresentações dos livros:

 

2.º Concurso Contos do Tijuco Altair Alves Ferreira

(Vários autores)

 

Mulher bate no marido e outros contos

(Reinaldo Gouveia Franco)

 

Que rei sou eu?

(José Humberto Silva)

 

Sonho

(Chico Angelo)

 

Tauan

(Regina Marques)

 

A viagem

(Regina Marques)

 

 

 

 

Capas dos livros:

 

2.º Concurso Contos do Tijuco Altair Alves Ferreira

(Vários autores)

 

Família Muniz — Tronco do Triângulo Mineiro    

(Edson Angelo Muniz)

 

Minha vida em poesias

(Maria Cleuza)

 

Mistérios no Tijuco

(Teobaldo Franco)

 

O canto do urutau

(Osvaldo Parruda)

 

O pirata e a pauta

(Luciano Teodoro)

 

Que rei sou eu?

(José Humberto Silva)

 

Vontade de fumar

(Chico Angelo)

 

As mulheres não são mais objetos

(Luzia Pires de Moraes)

 

Família Angelo — Tronco do Triângulo Mineiro    

(Edson Angelo Muniz)

 

 

 

 

Estudos sobre Heráldica e Vexilologia:

 

Símbolos Municipais de Ituiutaba estão errados

Brasão

Bandeira

Hino

 

Brasão da Família Paranaiba

 

Brasão Diocese de Ituiutaba

 

Brasão Paróquia Nossa Senhora Aparecida

 

Brasão Paróquia São Francisco de Assis

 

Brasão Sacerdotal - Pe. Leandro Costa

 

Brasão Sacerdotal - Pe. Uiliam Gonçalves

 

Brasão Sacerdotal - Pe. Eurípedes Júnior

 

 

Entrevista:

 

Alunos da Escola Estadual Gov. Israel Pinheiro